Peça ‘Menina Miúda’ terá apresentação especial nesta quarta (12), em comemoração ao Dia dos Namorados

Em temporada durante todos os domingos de Junho, no Largo São Sebastião, no centro de Manaus, a peça “Menina Miúda”, terá uma apresentação mais que especial na tarde desta quarta-feira (12), a partir das 17h, no próprio Largo São Sebastião em comemoração ao Dia dos Namorados. A peça que tem acesso gratuito, ainda fará vários sorteios de brindes aos casais que estarão na plateia.

A montagem, da Menina Miúda Produções Artísticas, aborda as relações amorosas e da conquista, além do empoderamento feminino. Conta a história de Zé, que tenta a todo custo conquistar a apaixonante e exigente Constância. Mesmo amando os gracejos de Zé, Constância não se entrega facilmente para o amado, estimulando o esperto paquerador a buscar meios de provar seu amor por ela, prometendo oferecer café com torradas.

Para tentar conquistar o coração de sua amada e encher o bucho de café e torradas, o insistente Zé utiliza de suas aptidões e muita lábia para conquistar o coração de sua amada, sem poupar de uma boa imaginação, grandes promessas, presentes para lá de inusitados e até uma poesia bastante curiosa feita exclusivamente para Constância.

O espetáculo também proporciona uma interação entre personagens e público, levando para a cena a cultura popular típica do Nordeste brasileiro, como o cordel, canções do Cavalo Marinho, cores que retratam a beleza do cenário nordestino e técnicas circenses nas atuações dos personagens.

A apresentação, que também visa fomentar a linguagem do Teatro de Rua, é gratuita, mas, seguindo a tradição das manifestações de rua, será passado um chapéu entre o público, que poderá escolher contribuir com o espetáculo.

“Menina Miúda” é dirigida por Cairo Vasconcelos, que também faz o papel de Zé, e produzida por Carol Calderaro. As atrizes Mikaela Raícham e Thiana Colares fazem parte do elenco como Constância, ambas com experiências em musicais e espetáculos adulto e infantil. A maquiagem e caracterização são de Emille Nóbrega. O texto é do diretor, escritor e premiado dramaturgo Euler Lopes, de Sergipe; e a preparação corporal, inspirada nas posições de combate e defesa do kung-fu, foi instruída pelo professor de teatro e mestre em artes marciais, Alex Lima.

A peça segue com apresentações nos domingos 16, 23 e 30 de junho, sempre às 17h, no Largo de São Sebastião, com acesso gratuito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s