STF volta atrás e autoriza livro sobre Suzane Von Ritchofen

O Supremo Tribunal Federal, cassou nesta quarta-feira (18/12) a decisão que proibia a publicação de uma biografia de Suzane von Richthofen.

O ministro Alexandre Moraes disse que a censura fere decisão do próprio STF, que já estabeleceu que não é necessário nenhum tipo de autorização para publicação de biografias. O ministro ainda ressalta que a censura prévia fere a liberdade de expressão. Ressalta ainda que a Constituição em nenhum momento abre espaço para censura prévia, o que não impede de que a pessoa seja responsabilizada na Justiça pelo que disse.

A defesa do autor da biografia é feita pelo escritório Fidalgo Advogados. O advogado Alexandre Fidalgo disse que a decisão do ministro Alexandre Moraes foi brilhante pois enaltece e valoriza a democracia permitindo a publicação da obra sobre a história de Suzane.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s